Banco Société Générale Moçambique inaugura Balcão Corporativo na cidade da Beira

//Banco Société Générale Moçambique inaugura Balcão Corporativo na cidade da Beira

Banco Société Générale Moçambique inaugura Balcão Corporativo na cidade da Beira

O Banco Société Générale Moçambique inaugurou no passado dia 25 de Novembro um balcão corporativo, na cidade da Beira, província de Sofala.

Trata-se do sexto balcão do Banco em Moçambique, desde a sua instalação no território nacional em 2015 e primeiro na cidade da Beira, concretizando a presença da instituição nas regiões norte, centro e sul do país.

Numa cerimónia restrita, em obediência ao protocolo de prevenção contra a Covid-19, o Director Executivo do Banco Société Générale Moçambique, Sterghios Dassarecos, referiu que a presença do  Banco  na  cidade  da  Beira  visa  apoiar  o  desenvolvimento  industrial  e  comercial,  garantir assistência às Pequenas e Médias Empresas (PME’s) e alavancar o rápido crescimento da cidade.

“Beira é a segunda maior cidade do país, com um potencial industrial e económico significativo, derivado do comércio e actividades portuárias. A cidade é o centro da indústria de transporte e logística, que é tradicionalmente um sector-chave apoiado pelo Grupo Société Générale. O nosso objectivo é apoiar estes sectores com base na nossa experiência local e internacional, fornecendo soluções feitas à medida, numa perspectiva abrangente, tendo em consideração as necessidades dos  nossos  clientes,  bem  como  dos  seus  ecossistemas,  desde  os  seus  fornecedores  aos  seus colaboradores”, afirmou.

Sterghios Dassarecos referiu, igualmente, que o Société Générale Moçambique tem interesse em contribuir  para  o  relançamento  da  economia  na  cidade  e  estimular  o  desenvolvimento  de conteúdos locais em todos os grandes investimentos.

“Queremos também participar na reconstrução da Beira, na sequência do ciclone IDAI em 2019. Nosso objectivo é apoiar as empresas que precisam de voltar e continuar seus negócios”, disse.

A representante do Banco de Moçambique em Sofala, Ruth Pátria, referiu que a abertura do balcão do  Banco  Société  Générale  Moçambique  naquela  província  responde  aos  apelos  do  governo visando uma maior expansão territorial dos serviços bancários e financeiros pelo país e o garante de uma inclusão financeira mais abrangente. “Estamos convictos do impacto que a abertura desta agência  trará  para  a  cidade  da  Beira  em  particular,  ao  aumentar  o  leque  de  oportunidades  e alternativas  de  serviços  financeiros,  permitindo  assim  a  realização  de  transacções  com  maior celeridade, conforto e segurança”, disse.

Por seu turno, o Embaixador da França em Moçambique, David Izzo, considera que a abertura do balcão do Société Générale na cidade da Beira representa o testemunho da confiança das empresas francesas e suas subsidiárias no sector privado na província de Sofala.

“É impressionante o exemplo de vitalidade desta cidade que, alguns meses antes da minha chegada a Moçambique acabava de ser fustigada pelo ciclone IDAI. Podemos confirmar a sua resiliência e a dos seus habitantes e a presença do sector privado francês aqui testemunha o nosso optimismo no desenvolvimento futuro não só da cidade, como da província. Temos cá várias grandes empresas implantadas  e  que  trabalham,  como  a  Bolloré,  a  Companhia  de  Sena,  várias  ONG’s  e  ainda empresas do sector açucareiro”, frisou.

O Banco Société Générale Moçambique é uma subsidiária do Grupo Société Générale, um dos principais  líderes  do  sector  financeiro  europeu,  com  sede  em  62  países  e  conta  com  138.000 colaboradores e 29 milhões de clientes em todo o mundo.

Moçambique é a primeira subsidiária do Banco na África Austral, o que demonstra a ambição do grupo de crescer no território africano investindo numa perspectiva de longo prazo.

 

2020-12-01T09:09:41+00:00 1 Dezembro 2020|Economia|